Valores /

Composta por profissionais da gestão de interesses e do patrocínio de conflitos, a JSMS abarca por esta opção a generalidade dos serviços que são pedidos aos que exercem a advocacia.

 

A JSMS teve sempre uma abordagem própria da advocacia, tendo como núcleo o interesse do constituinte visto à luz de uma ética rigorosa.

No equilíbrio que essa abordagem exige, esteve sempre presente a singularidade da relação pessoal e única que se estabelece no âmbito do mandato, seja ele negocial, seja forense, permitindo adaptar a lei às situações da vida.

Mas a JSMS não se substitui ao constituinte: a técnica, o zelo e o desempenho profissional são com ela; o risco da atividade ou da lide com aquele que confere mandato à sociedade. Por isso, a maior exigência na admissão de colaboradores, a preocupação permanente de assegurar a formação contínua, a presença em todas as áreas da vida social, onde melhor se apreende o contexto da prestação de serviços e do interesse que serve.

Mas porque não esquece as responsabilidades sociais que tradicionalmente acompanham a profissão, os seus profissionais são também advogados de causas, sem hesitar no pro bono quando as circunstâncias o justificam.

Tudo isto integra já um património institucional de décadas, que as novas gerações se orgulham de protagonizar, consolidar e desenvolver, e que constitui o sinal distintivo do desempenho da JSMS.